Você já possui uma árvore de bonsai e não sabe qual espécie é? Então você vai descobrir usando este guia (assumindo que é uma das espécies de bonsai comuns). Tudo o que você precisa fazer é ter um olhar mais atento sobre a folhagem de sua árvore e percorrer os seguintes critérios.

Primeiro, determine se você tem uma árvore folhosa ou um pinheiro/conífera.

 

 

Árvores folhosas

Se sua árvore de bonsai é uma espécie folhosa, ela pode ser perene ou decídua.

Além disso, ela pode ter folhas opostas (duas folhas emergindo no mesmo ponto) ou alternadas.

 

Pinheiros e Coníferas

As coníferas podem ter a folhagem em forma de agulha ou escama.

A maioria das coníferas é perene, mas há também algumas coníferas decíduas.

  • Coníferas perenes com folhagem em forma de agulha (clique aqui)
  • Coníferas com folhagem (principalmente) como escama (clique aqui)
  • Coníferas decíduas (clique aqui)

 

 

Folhosas, decíduas, com folhas opostas:

 

Acer palmatum Bonsai

Bordo Japonês (Acer palmatum)

Uma espécie muito popular e fácil de cuidar, com folhas em forma de mão características, com cinco lóbulos pontiagudos. Ele precisa de proteção contra fortes geadas e sol muito intenso.

Bonsai de Acer Palmatum / Bordo

Acer buergerianum Bonsai

Bordo Tridente (Acer buergerianum)

Uma espécie de bordo asiático com folhas pequenas, com três lóbulos, não totalmente resistente a geadas, mas, por outro lado, muito fácil de cuidar e robusto.

Bonsai de Acer Palmatum / Bordo

Punica granatum Bonsai

Romã anã (Punica Granatum)

Uma espécie com flores vermelhas e frutas redondas, nativa de países do Mediterrâneo. Não tolera geadas.

Romã anã Bonsai (Punica Granatum).

Jabuticabeira Bonsai

Jabuticabeira (Myrciaria cauliflora)

A Myrciaria cauliflora (Jabuticabeira) é uma árvore frutífera brasileira, nativa da Mata Atlântica.

Bonsai de Jabuticabeira (Myrciaria cauliflora)

 

Folhosas, decíduas, com folhas alternadas

 

Ulmus parvifolia Bonsai

Olmo Chinês (Ulmus parvifolia)

Uma espécie robusta, com uma fina ramificação e, na maioria dos casos, folhas muito pequenas. Nem todos eles são totalmente resistentes a geadas.

Bonsai de Ulmus Parviflora / Olmo Chinês

Zelkova serrata Bonsai

Zelkova japonesa (Zelkova serrata)

Uma espécie de bonsai clássica, que é vista principalmente como estilo vassoura delicadamente ramificado. Ela deriva da família do olmo. A zelkova é fácil de cuidar e responde muito bem a constantes podas.

Bonsai de Zelkova / Olmo Japonês

Fagus sylvatica Bonsai

Faia-Europeia (Fagus sylvatica)

A faia-europeia de nossas florestas se adapta bem como bonsai, mas precisa de proteção contra geadas fortes quando plantada em um vaso de bonsai.

Fagus crenata Bonsai

Faia Japonesa (Fagus crenata)

É muito parecida com a faia-europeia, mas suas folhas são mais magras e a casca lisa, especialmente apreciada, é quase branca.

Carpinus betula

Cárpino (Carpinus betula)

Não é faia, no sentido estrito, mas pertence à família das bétulas. No entanto, parece bastante semelhante à faia. As flores e os frutos são diferentes; e os brotos (menores, mais redondos), não são como os brotos marrons de pontas afiadas da faia. Quando plantado em um vaso raso, o cárpino precisa de proteção contra geadas.

Carpinus turczaninowii / Carpinus coreana Bonsai

Cárpino Coreano (Carpinus turczaninowii / Carpinus coreana)

Espécie de cárpino asiático, que tem as folhas menores, uma ramificação mais fina, troncos nodosos muito interessantes e uma bela cor vermelha e amarela do outono.

Wisteria sinensis Bonsai

Glicínias (Wisteria sinensis)

Uma parreira de geminação vigorosa com folhas compostas que produz mechas longas e cachos pendurados de flores em azul, roxo, violeta ou branco (dependendo do cultivar). É uma espécie robusta que precisa muito de água no verão e não tolera as últimas geadas na primavera.

Magnolia Bonsai

Magnólia (Magnolia)

Árvores com folhas bastante grandes que produzem belas flores grandes na primavera. Dependendo do cultivar, as flores podem ser brancas, rosas, vermelho escuro ou roxas. O bonsai de magnólia deve ser protegido de fortes geadas.

Malus Bonsai

Macieira do Caranguejo (Malus)

Uma boa espécie que dá flores e frutos. Os frutos podem ser amarelos ou vermelhos, dependendo do cultivar. As árvores são bastante robustas, mas devem ser frequentemente observadas, a fim de detectar doenças e pragas.

Prunus serrulata Bonsai

Cerejeira-Japonesa (Prunus serrulata / Myrthus Communis)

Uma árvore com um tronco escuro áspero e uma impressionante florada rosa na primavera. As flores ocorrem em cachos. As velhas cerejeiras japonesas não devem ter suas raízes podadas em demasia e podem ser propensas a doenças fúngicas. A beleza das flores da cerejeira é única.

Bonsai de Cerejeira

 

Bonsai de Acerola (Malpighia glabra)

Bonsai de Acerola (Malpighia glabra)

Bonsai de Acerola

 

Prunus mume Bonsai

Damasqueiro-Japonês (Prunus mume)

Um anunciador clássico da primavera no Japão, com flores simples, brancas, rosas ou vermelhas fortemente perfumadas, que aparecem isoladamente na árvore sem folhas e fazerem um lindo contraste com os troncos pretos, retorcidos. O treinamento do damasqueiro é bastante difícil, especialmente a poda, porque os galhos internos tendem a morrer, e os galhos e ramos são difíceis de aramar, porque são muito frágeis.

Chaenomeles japonica, Chaenomeles speciosa, Chaenomeles lagenaria Bonsai

Marmeleiro Japonês (Chaenomeles japonica, Chaenomeles speciosa, Chaenomeles lagenaria)

Cresce principalmente como arbustos ou com muitos troncos, estas espécies produzem flores mesmo no início da primavera. As flores são de cor laranja ou vermelho, mas alguns cultivares também podem ter flores brancas ou multicoloridas. As folhas são pequenas e os frutos mais ou menos redondos, eles amadurecem e se tornam amarelos no outono.

Pseudocydonia sinensis Bonsai

Marmeleiro Chinês (Pseudocydonia sinensis)

Uma espécie forte com uma bela casca que se descasca em placas, folhas brilhantes, flores cor de rosa e grandes frutos ovais, lisos, amarelos. Como a ramificação é bastante grosseira e as folhas grandes, ela é mais adequada para bonsai maiores. O marmeleiro é fácil de cuidar, mas precisa de alguma proteção no inverno.

Quercus Bonsai

Carvalho (Quercus)

Um gênero com várias espécies diferentes (entre elas, também algumas espécies perenes mediterrâneas), a maioria das quais tem caracteristicamente folhas lobadas. Os carvalhos produzem castanhas chamadas bolotas que são envolvidas por uma taça parecida com uma cúpula. Elas são árvores muito fortes, que crescem muito alto e atingem elevadas idades na natureza. Em um vaso de bonsai, os carvalhos devem ser protegidos de geadas fortes (os carvalhos mediterrâneos devem ser hibernados livres de geadas).

Celtis Bonsai

Hackberry (Celtis)

Árvores com casca cinzenta e drupas redondas, desenvolvendo uma fina ramificação e folhas serrilhadas. Nem todas as espécies de agreira são resistentes a geadas.

Stewartia

Stewartia monadelpha

 

 

Folhosas, perenes, com folhas opostas

 

Ligustrum Bonsai

Ligustro (Ligustrum)

Um gênero com muitas folhas diferentes, principalmente perenes e às vezes variegadas. O ligustro ramifica bem, é fácil de cuidar e é robusto. As flores brancas e frutos pretos podem ocorrer se a árvore não for constantemente aparada.

Buxus sempervirens Bonsai

Buxo (Buxus sempervirens)

Muitas vezes usado para pequenas sebes, plantas de topiaria e vaso. O buxo tem folhas pequenas, arredondadas, verdes brilhantes e casca bege claro. A planta é venenosa, mas pode, no entanto, ser infectada por várias pragas.

Rhododendron indicum, Rh. kiusianum, Rh. Kurume Bonsai

Madressilva (Lonicera nitida / pileata)

Esta espécie muitas vezes é confundida com o buxo, e de fato tem algumas semelhanças. As flores e frutos são diferentes, no entanto, e a madressilva tem folhas mais magras e uma casca que descama em tiras. Como as folhas são pequenas e uma boa ramificação pode ser alcançada, a madressilva é bem adequada para bonsai muito pequenos.

Serissa foetida Bonsai

Serissa foetida Bonsai

Um pequeno arbusto do sudeste da Ásia, com folhas muito pequenas, florzinhas brancas e troncos com casca clara. Alguns cultivares têm folhas variegadas. Quando a planta é podada, há um cheiro desagradável. A serissa não suporta geada e precisa de altas temperaturas constantes. Ela é muito sensível às mudanças nas condições e de local e sofre com a falta de iluminação e baixa umidade do ar. Por isso, não é uma boa escolha para iniciantes em climas temperados.

Bonsai de Serissa

Olea europea Bonsai

Oliveira (Olea europea)

Uma árvore mediterrânea de tamanho médio que tem sido cultivada pelo homem há milhares de anos. Seus troncos engrossam muito lentamente, mas as árvores podem tornar-se muito velhas. As folhas são lanceoladas e verde-acinzentadas na parte superior e cinza prateado com pelinhos embaixo. Na primavera, cachos de flores amarelo-brancas podem surgir, seguido por frutos verdes ou pretos com caroço. A oliveira é fácil de cuidar, tolera secas passageiras, mas não suporta geada. Em climas temperados, ela precisa de um lugar livre de geadas com tanta luz quanto possível.

Crassula Bonsai

Árvore de Jade (Crassula)

Um arbusto ou pequena árvore suculenta da África com folhas brilhantes grossas e troncos grossos. Ela pode produzir pequenas flores brancas. A crassula precisa de muita luz e gosta de ser exposta ao sol. Ela pode ficar do lado de fora durante o verão, mas não suporta geada.

Xanthoxylum piperitum Bonsai

Pimenteira de Szechuan (Xanthoxylum piperitum)

Um arbusto da Ásia com folhas compostas opostas. Suas sementes são usadas como tempero quente na Ásia. A árvore de pimenta tem espinhos e um tronco com casca lisa bege.

Duranta excelsa Bonsai

Duranta (Duranta excelsa)

Um arbusto ou árvore tropical com bonitas folhas verde claro, espinhos e flores azul claro. Os frutos amarelos-laranja são venenosos, mas pombos selvagens gostam de comê-las. A árvore precisa de muita luz solar, mas não tolera geada.

Fuchsia Bonsai

Fuchsia

Há muitas espécies de fuchsia com diferentes flores coloridas. Elas devem ser protegidas de geadas.

Bonsai de Pitanga (Pitangueira)

Bonsai de Pitanga (Pitangueira)

Apesar de ser nativa da Mata Atlântica brasileira, a Eugenia uniflora (Pitangueira / Pitanga) é encontrada em vários países. Possui tronco liso de cor bege-acinzentado..

Bonsai de Pitanga (Pitangueira)

 

Folhosas, perenes, com folhas alternadas

 

Ficus retusa, Ficus benjamina Bonsai

Figueira (Ficus retusa, Ficus benjamina)

Uma árvore tropical com folhas verdes brilhantes e casca cinza lisa. Ela muitas vezes tem raízes aéreas. A figueira é muito fácil de cuidar e pode se desenvolver muito bem dentro de casa.

Bonsai de Ficus Retusa / Figueira

Carmona retusa Bonsai

Chá de Fukien (Carmona retusa)

É um arbusto ou pequena árvore do sudeste da Ásia e da Austrália, com uma casca castanho-acinzentada fissurada e folhas brilhantes verde escuro com minúsculos pontos brancos e pelinhos. Flores brancas e frutinhos escuros podem ocorrer durante o verão. A carmona precisa de temperaturas altas constantes e não deve ser exposta a geadas.

Bonsai de Carmona Retusa / Fukien

Lonicera nitida / pileata Bonsai

Azaléia (Rhododendron indicum, Rh. kiusianum, Rh. Kurume)

Existem muitas espécies e cultivares diferentes com flores muito atraentes. A azaléia satsuki — Rhododendron indicum — é mais popular para bonsai e oferece centenas de cultivares adoráveis. As azaléias originais selvagens também são apreciadas. As azáleas precisam de solo e adubo especiais e água livre de cal (água da chuva), e não deve ser permitido que sequem. Elas devem ser protegidas de geadas fortes.

Sageretia theezans Bonsai

Ameixeira do Pássaro (Sageretia theezans)

Um arbusto ou árvore pequena da Ásia, com pequenas folhas verdes brilhantes. Ela pode produzir florzinhas brancas e pequenos frutos pretos. A casca é marrom escuro e descama em flocos, deixando manchas lisas brilhantes. A sageretia precisa de temperaturas quentes constantes e não deve ser exposta a geadas.

Bonsai de Sageretia Theezans / Ameixeira do pássaro

Bougainvillea glabra Bonsai

Bougainvillea (Bougainvillea glabra)

É um arbusto, pequena árvore ou trepadeira subtropical da América do sul. Ela tem folhas de ovais a lanceoladas, espinhos compridos e grandes flores que podem ser tanto magenta (na maioria dos casos), como também brancas, amarelas ou laranjas. O Bougainvillea precisa de muita luz direta do sol para produzir flores e não tolera geada

Murraya paniculata Bonsai

Jasmim-Laranja (Murraya paniculata)

É um arbusto ou pequena árvore tropical com folhas alternadas compostas, pequenas flores brancas perfumadas e pequenos frutos ovais laranja escuro, com duas sementes cada. A casca é bege, quase branca. É necessário um lugar constantemente quente, com muita luz.

Cotoneaster bonsai

Cotoneaster

Silverberry bonsai

Eleagnus pungens

 

Money tree

Pachira aquatica

 

Coníferas com folhagem (principalmente) como escamas

 

Juniperus chinensis Bonsai

Junípero Chinês (Juniperus chinensis)

Uma espécie de junípero com folhagem feito delicadas escamas macias, que, dependendo do cultivar, pode ser verde claro a verde escuro ou verde azulado, e pode ser mais fina ou mais grossa. Os troncos geralmente têm formas torcidas e dobradas e os espécimes mais velhos têm madeira morta. É uma espécie muito popular para bonsai. O junípero chinês é fácil de cuidar, mas não deve ser regado demais. Se a árvore estiver estressada, pode produzir alguma folhagem juvenil em forma de agulha.

Bonsai de Juniperus Chinensis / Junípero

Juniperus rigida Bonsai

Junípero Agulha (Juniperus rigida)

Uma espécie de junípero japonês com folhas pontiagudas que só está disponível em lojas de bonsai, importado da Ásia. A adequação para bonsai e seus cuidados são semelhantes ao junípero chinês.

Bonsai de Juniperus Chinensis / Junípero

Juniperus communis Bonsai

Junípero-Comum (Juniperus communis)

Uma espécie europeia com folhas afiadas que são menores e mais macias do que as agulhas do junípero japonês. A espécie é protegida e não deve ser coletada na natureza, mas existem cultivares nos viveiros que são bem adequados para bonsai e frequentemente mais robustos.

Bonsai de Juniperus Chinensis / Junípero

Picea abies Bonsai

Espruce-europeu (Picea abies)

O espruce comum é bastante popular para bonsai, em contraste com o abeto, que muitas vezes é confundido com ele. O espruce é comum em florestas e montanhas. Suas agulhas são curtas e afiadas e são posicionadas ao redor dos ramos. Os cones são pendurados (os cones do abeto ficam eretos, para cima). O espruce é popular para bonsai por causa de suas agulhas curtas e sua agradável casca. Não é muito fácil de treinar, no entanto, porque não brota facilmente e os galhos aramados podem voltar para sua antiga forma, mesmo depois de muitos anos. Os espruces jovens não têm muita personalidade, mas o velho yamadori pode ter um visual muito interessante e uma boa madeira morta. Os espruces precisam de muito sol e, enquanto bonsai, alguma proteção durante o inverno.

Picea jezoensis Bonsai

Espruce-Yezo (Picea jezoensis)

O espruce japonês é raro, cobiçado e caro. Ele tem agulhas mais curtas que o espruce-europeu e, por vezes, uma forma mais elegante, mas tem necessidades muito semelhantes. Deve ser protegido contra geadas fortes.

Taxus baccata Bonsai

Teixo Europeu (Taxus baccata)

É um arbusto ou pequena árvore que também é frequentemente utilizado para sebes. A folhagem é verde escuro e os frutos chamam a atenção com arilos vermelhos brilhantes. O teixo é uma conífera, mas não tem quaisquer cones (o que é uma contradição...). É uma das poucas coníferas que podem viver na sombra. Em um vaso de bonsai, deve ser protegido de geadas fortes, porque suas raízes carnudas são sensíveis. Todas as partes da planta são venenosas, a única exceção são os arilos vermelhos.

Taxus cuspidata Bonsai

Teixo Japonês (Taxus cuspidata)

É muito semelhante ao teixo europeu, mas tem agulhas menores e mais rígidas.

Cryptomeria japonica Bonsai

Criptoméria Japonesa (Cryptomeria japonica)

Uma árvore nativa do Japão com uma característica forma ereta formal, que é, na maioria dos casos, também utilizada para bonsai de Criptoméria. A árvore deve ser mantida úmida e necessita de proteção contra geadas fortes.

Podocarpus macrophyllus Bonsai

Pinheiro-budista (Podocarpus macrophyllus)

Um arbusto ou árvore tropical com grandes agulhas como folhas verde-escuras. O fruto tem um arilo, assim como os teixos. A árvore precisa de temperaturas constantemente quentes e não tolera geadas.

Chamaecyparis obtusa Bonsai

Cipreste Hinoki (Chamaecyparis obtusa)

É árvore do Japão com delicada folhagem feito escama, que é organizada como ventoinhas em alguns cultivares. O bonsai de Hinoki não deve secar e precisa de proteção contra geadas fortes.

Cipreste

Chamaecyparis pisifera Bonsai

Cipreste-Sawara (Chamaecyparis pisifera)

Também é do Japão e há muitos cultivares diferentes oferecidos em viveiros. O bonsai de cipreste-sawara deve ser mantido úmido e precisa de proteção contra geadas fortes.

Cipreste

Cedar bonsai

Cedrus

 

Coníferas perenes com folhagem em forma de agulha:

 

Pinus thunbergii Bonsai

Pinheiro Negro Japonês (Pinus thunbergii)

Um pinheiro forte de regiões costeiras do sul do Japão, com agulhas fortes e afiadas que se desenvolvem em pares e com uma casca áspera atraente. Treinar e cuidar do pinheiro negro não é fácil porque técnicas especiais são necessárias para reduzir o comprimento da agulha. O pinheiro negro precisa de muito sol e calor e não deve ser exposto a geadas fortes.

Bonsai de Pinus / Pinheiro negro

Red pine bonsai

Pinus densiflora

Pinus parviflora Bonsai

Pinheiro Branco Japonês (Pinus parviflora)

Uma espécie de pinheiro elegante nativa de regiões montanhosas do Japão, muitas vezes com agulhas azuladas. Muito especial é o fato de cinco agulhas se desenvolverem num feixe, enquanto a maioria dos outros pinheiros desenvolve apenas dois pares de agulhas. O pinheiro branco tem a casca lisa na idade jovem, mas muitas vezes é enxertada em pinheiro negro, que tem uma casca áspera. O pinheiro branco precisa de um solo bem drenante e deve ser protegido de geadas fortes.

Bonsai de Pinus / Pinheiro negro

Pinus sylvestris Bonsai

Pinheiro-da-Escócia (Pinus sylvestris)

Esta espécie de pinheiro é amplamente comum na Europa e pode ser facilmente reconhecida por causa de sua casca avermelhada na parte superior do tronco. Suas agulhas são mais finas do que as do pinheiro-das-montanhas. O pinheiro-da-escócia é bem adequado para muitos estilos de bonsai, tem uma boa ramificação e folhagem delicada. É fácil de cuidar e pode suportar geada, mas, como todos os pinheiros, ele precisa de muito sol e não gosta de solo constantemente molhado.

Bonsai de Pinus / Pinheiro negro

Pinus mugo Bonsai

Pinheiro-das-Montanhas (Pinus mugo)

O pinheiro-das-montanhas europeu é bem adequado para fins de bonsai e pode desenvolver agulhas muito curtas. Na natureza, muitas vezes, ele tem troncos torcidos e dobrados, que são muito interessantes; sua madeira morta é linda e durável. O pinheiro-das-montanhas é resistente a geadas e fácil de cuidar, mas não deve ser mantido muito molhado.

Bonsai de Pinus / Pinheiro negro

Ponderosa pine bonsai

Pinus ponderosa

 

Coníferas decíduas com agulhas como folhagem:

 

Larix decidua Bonsai

Lariço-europeu (Larix decidua)

Esta árvore se desenvolve nas montanhas europeias. As agulhas crescem em cachos em ramos curtos e uniformemente distribuídos em ramos longos. Elas são flexíveis e macias, não afiadas. No outono, a folhagem fica amarela e cai. O lariço é fácil de cuidar, adora luz solar e pode suportar geadas. Ele é muito adequado para bonsai.

Larix kaempferi Bonsai

Lariço-japonês (Larix kaempferi)

Esta conífera decídua é muito semelhante ao lariço-europeu e hibridiza facilmente com ele. O lariço japonês tem uma forma mais larga, ramos longos avermelhados e escamas enroladas nos cones.

Larix eurolepis Bonsai

Lariço Híbrido (Larix eurolepis)

Um cruzamento do lariço japonês com o europeu. Suas características são uma mistura entre as duas espécies, mas é ainda mais robusto.

Taxodium distichum Bonsai

Cipreste Calvo (Taxodium distichum)

É uma árvore do sul dos EUA e da América Central que pode se desenvolver em solo muito úmido. As folhas são alternadas, verde-claro na primavera, depois verde escuro, são macias e não perfurantes. Em contraste com o lariço, não existem cahcos de agulhas, mas as agulhas são distribuídas em espiral em torno dos rebentos longos e lateralmente em rebentos laterais. No outono, a folhagem fica marrom avermelhado, antes de cair. O tronco tem uma casca avermelhada que se descasca em tiras. O cipreste calvo se desenvolve de forma ereta formal, normalmente, e esta forma é a mais usada para bonsai de taxodium. O bonsai de cipreste calvo deve ser protegido de geadas.

Cipreste (Taxodium distichum)

Metasequoia glybtostroboides Bonsai

Redwood Alvorada (Metasequoia glybtostroboides)

Esta espécie vem da China e se parece muito com o cipreste calvo, mas tem folhas opostas. O cipreste da alvorada não gosta da umidade do solo, em contraste com o cipreste calvo. Ele precisa de proteção contra as últimas geadas na primavera.

Cipreste (Taxodium distichum)