O Cipreste Calvo é uma árvore alta, com casca castanha avermelhada e folhas macias em forma de agulha, que desenvolvem uma cor castanha agradável no outono, antes de cair junto com alguns galhos menores.

O Cipreste Calvo se assemelha ao Redwood Alvorada (Metasequoia glyptostroboides) na aparência, e ambas as espécies, às vezes, são confundidas uma com a outra. O Cipreste Mediterrâneo (Cupressus sempervirens) é nativo do sul da Europa e não tem muito em comum com o Cipreste Calvo. Ele raramente é utilizado para bonsai. 

Alguns Falsos Ciprestes (Chamaecyparis - Tuia azul) têm alguma semelhança com o Cipreste Calvo. Estas são plantas de bonsai populares, incluindo o Cipreste Japonês, ou Hinoki (Chamaecyparis obtusa), por exemplo.

Se você precisar de ajuda para identificar sua árvore, experimente o nosso guia de identificação de árvores de Bonsai.

 

 

Orientações de cuidados de Bonsai específicas para o Cipreste

Posição: O Cipreste Calvo precisa de muita luz e calor, e, portanto, deve ser colocado sob sol pleno durante a estação de crescimento. Em um clima quente, ele pode ser mantido do lado de fora o ano inteiro. Em áreas com invernos mais frios, o Cipreste Calvo deve ser protegido contra temperaturas muito baixas, pois não tolera quase nenhuma geada quando é plantado em um recipiente.

Rega: Durante o verão, o Cipreste precisa de muita água, e, se você não pode regá-lo com frequência o suficiente durante o dia, pode ser uma boa ideia colocar o vaso do bonsai dentro de uma bacia rasa cheia de água. No inverno, quando as folhas caem, o Cipreste Calvo precisa de menos água, mas nunca deve ficar seco.

Alimentação: Use adubos líquidos desde a primavera até o outono, a cada semana ou a cada duas semanas, conforme as instruções de dosagem. Durante a estação de crescimento, também pode ser aplicado o adubo orgânico sólido. 


Poda e aramação: Novos rebentos podem ser encurtados quando começam a produzir ramificação lateral. Se eles são podados muito cedo, morrem no outono. No outono ou no início da primavera, os galhos podem ser podados. O Cipreste Calvo tende a produzir muitos brotos novos no tronco, nos galhos e nas bifurcações. Todos esses botões que não são úteis para o projeto da árvore devem ser removidos em seu estágio inicial. Ramos e galhos jovens podem ser facilmente aramados e moldados; os mais velhos se tornam rígidos e quebradiços. Para abaixar os galhos, o melhor é utilizar cabos de ancoragem.

Transplante - Tuia Bonsai: Os ciprestes têm forte crescimento radicular e as raízes se tornam grossas muito rapidamente. Elas, no entanto, não são duras, e podem ser facilmente podadas. As árvores mais jovens devem ser transplantadas a cada dois anos, junto com a poda de raiz, especialmente se o crescimento do torrão empurrar as raízes para cima e para fora do vaso. Árvores mais antigas podem ser transplantadas a cada três a cinco anos.

Propagação: O Cipreste Calvo pode ser propagado facilmente por meio de sementes ou estacas. Para obter informações mais detalhadas sobre estas técnicas, dê uma olhada na nossa seção de Cuidados de árvores de Bonsai.

Pragas e doenças: As pragas e as doenças quase nunca atacam o Cipreste Calvo, Bonsai de Tuia.

Para obter informações mais detalhadas sobre estas técnicas, experimente nossa seção de cuidados de árvores de Bonsai.

 

 

Bonsai de Tuia / Cipreste (Taxodium distichum)

Bald Cypress Bonsai